Home // Francisco Sousa Lobo é o vencedor do Prémio de BD Portugal 2050
Francisco Sousa Lobo é o vencedor do Prémio de BD Portugal 2050
08 Nov 23 —

O júri do Prémio de BD Portugal 2050 atribuiu o primeiro prémio deste concurso ao autor Francisco Sousa Lobo pelo seu trabalho “A Praia”.

O segundo lugar foi atribuído aos autores Miguel Santos e Luís Guerreiro, com a história “A casa de Noé”, e o terceiro lugar aos autores Luís Sousa e Ivo Gonçalves, com a história “IA responsável”.

O Prémio de BD Portugal 2050, que tinha como tema “O futuro que queremos para 2050”, foi instituído pelo PlanAPP – Centro de Competências de Planeamento, de Políticas e de Prospetiva da Administração Pública, no âmbito do seu projeto Lab2050, em parceria com as entidades organizadoras do Festival Internacional de BD de Beja: a Bedeteca de Beja e Associação Para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja.

O Lab 2050, iniciativa que conta com o financiamento do Programa Operacional de Assistência Técnica 2020, é um projeto participativo que tem como missão promover um grande debate nacional sobre o Portugal que desejamos para o ano 2050.

O prémio agora atribuído – a par do Prémio de Conto Portugal 2050, cuja atribuição foi anunciada recentemente e que distinguiu o poeta e ensaísta António Carlos Cortez – visou não só estimular a participação dos criadores portugueses nesse debate, mas enriquecer o debate com as produções artísticas e utilizar a criação artística como alternativa às abordagens clássicas neste tipo de discussão, de forma a estimular a participação de outros públicos.

O júri do Prémio de BD Portugal 2050, constituído por José Vítor Malheiros, indicado pelo projeto Lab2050; Paulo Monteiro, indicado pela Associação Para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja; e Pedro Moura, indicado pela Bedeteca de Beja, considerou o trabalho de Sousa Lobo “um exemplo da poeticidade e expressividade contemporâneas passíveis de ser exploradas através da banda desenhada”, constituindo “uma perfeita embaixada para os objetivos desta iniciativa”.

 

Financiamento

 

“A Praia” de Francisco Sousa Lobo, vencedor do primeiro prémio de BD Portugal 2050

 

“A casa de Noé” de Miguel Santos e Luís Guerreiro, segundo prémio de BD Portugal 2050.

 

“IA responsável” de Luís Sousa e Ivo Gonçalves, terceiro prémio de BD Portugal 2050.

ETIQUETAS: Projeto Lab2050
Loading...